Pular para o conteúdo principal

Postagens

Porque esta é a minha primeira vida (2017)

Ano: 2017
Episódios: 16
Elenco: Lee Min Ki, Jung So-min, Esom, Kim Ga-eun, Kim Min-seok, Byeong-eun Park.
Sinopse: Do que você precisa mais: amor, carinho... ou uma casa? Aos trinta anos e recém-desabrigada, tudo que Ji-ho deseja é um teto sobre sua cabeça. Por isso, quando Se-hee propõe que os dois se casem em troca de um quarto permanente em seu apartamento, ela resolve aceitar. Mas junto com o casamento vem as famílias, os amigos e muitos sentimentos novos. Nada nunca mais vai ser tão simples assim.

Nota:
Que história incrível, senhoras e senhores! Quando eu me deparei com esse dorama no catálogo da Netflix, não dei muita coisa por ele. Apesar de amar o clichê de casamento por conveniência, sei  bem o quanto é uma premissa saturada que pode desandar em dois tempos. Mas não é isso que acontece. Muito pelo contrário. 
Uma coisa que não fica clara na sinopse, mas que é muito importante para o dorama (e um dos motivos pelos quais eu o amei tanto), é: embora Se-hee e Ji-ho sejam os protagonis…
Postagens recentes

Um casaco e algumas palavras

DIA 5 DO DESAFIO DE ESCRITA

Coletivo Terror (2020)

ATENÇÃO: A CLASSIFICAÇÃO ETÁRIA É PARA MAIORES DE 18 ANOS. A SÉRIE CONTÉM VIOLÊNCIA GRÁFICA EXTREMA, TORTURA FÍSICA E PSICOLÓGICA, ASSASSINATO, TRANSTORNOS PSICOLÓGICOS, ENTRE OUTRAS COISAS QUE PODEM REPRESENTAR GATILHO. SE VOCÊ É SENSÍVEL A QUALQUER UM DESSES TÓPICOS, NÃO ASSISTA.

Best Mistake (2019)

Ano: 2019 Episódios: 16
Elenco: Lee Eun Jae, Park E Hyun, Kang Yool, Yoon Jun Won, Choi Chan Yi Sinopse: Para tentar se livrar de um garoto que a persegue, Kim Yeon Do decide inventar um namorado. O problema é que ela escolhe justo a foto de um dos alunos mais problemáticos de seu colégio, Ji Hyun Ho.

Estamos de mudança

Oioi, queridos. Como vocês estão nessa madrugada?
Eu vou bem, apesar da preguiça e da coluna que, por conta da quarentena, acaba de completar 90 anos (é sério, essa cadeira ainda vai me render uma fisioterapia).

Não quero fazer nada: League of Legends

Nesses últimos dias, ando um caco. Abandonei o andamento dos meus cursos (até tranquei um deles), não peguei em nenhum texto relacionado ao meu TCC, perdi a coragem até de começar Fiquei com o seu número, romance da Sophie Kinsella que eu estava doida para ler. Não. Em vez de fazer qualquer uma dessas coisas, eu... Joguei.